sexta-feira, 15 de julho de 2011

DILMA DEFENDE PARTILHA DOS ROYALTIES MENOS VANTAJOSA PARA MUNICÍPIOS PRODUTORES

sexta-feira, 15 de julho de 2011

Em reunião com os quatro governadores da região Centro-Oeste, a presidente Dilma Rousseff disse que não concorda que a União seja prejudicada na divisão dos royalties do pré-sal. Dilma defendeu, segundo o governador do Mato Grosso do Sul, André Puccinelli, que os recursos do pré-sal são uma riqueza de todo o país e, por isso, os três estados produtores - Rio, Espírito Santo e São Paulo - não podem querer se apoderar deles.

Ainda segundo Puccinelli, a presidente se mostrou favorável à divisão de que 25% dos recursos do pré-sal sejam destinados aos estados produtores, 22%, aos não produtores, 6% para os municípios, 19% para a União e 28% para a Petrobras. Os produtores querem ter 26% da partilha, e a União ficaria com 11%.


- A presidente Dilma não concorda que retirem recursos da União - afirmou Puccinelli.


- Na minha opinião, não está certo desfazer o acordo por causa da sanha voraz de três estados - criticou o governador.


Ele disse que, nos contratos do pós-sal, os estados produtores devem manter a divisão como está.


O governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, também foi enfático ao dizer que o assunto do pré-sal foi discutido e que o princípio do debate é que a riqueza deve ser distribuída para todos.


- A receita tem de ser do Brasil - afirmou.

0 comentários:

 
BLOG TAMOIOS URGENTE ◄Design by Pocket, BlogBulk Blogger Templates ► Distribuído por Templates